Todos os posts de ti

Gartner prevê que mais de 30% do aumento na demanda por APIs virá de Inteligência Artificial e de ferramentas que usam Modelos de Linguagem

Analistas preveem que 80% dos fornecedores de software independentes terão capacidades de GenAI incorporadas em suas aplicações empresariais

O Gartner, líder mundial em pesquisa e aconselhamento para empresas, prevê que, até 2026, mais de 30% do aumento na demanda por interfaces de Programação de Aplicativos (APIs) virá de Inteligência Artificial (IA) e de ferramentas que usam Modelos de Linguagem (LLMs).

“Com os fornecedores de serviços de tecnologia (TSPs) liderando a adoção de GenAI, as repercussões serão generalizadas,” diz Adrian Lee, Vice-Presidente e Analista do Gartner. “Isso inclui uma demanda aumentada por APIs para soluções habilitadas para Modelos de Linguagem (LLMs) e Inteligência Artificial Generativa (GenAI), fazendo com que os fornecedores de serviços de tecnologia ajudem seus clientes a avançarem ainda mais em suas jornadas. Isso significa que terão que se mover mais rápido do que nunca para atender à demanda.”

Pesquisa do Gartner com 459 fornecedores de serviços de tecnologia (TSPs),realizada de outubro a dezembro de 2023, mostra que 83% dos entrevistados relataram que já implantaram ou estão atualmente pilotando a GenAI dentro de suas empresas.

“Os clientes empresariais devem determinar as formas ideais de adicionar a GenAI às ofertas, como usando APIsde terceiros ou opções de código aberto. Com os fornecedores de serviços de tecnologia liderando o caminho, eles fornecem uma conexão natural entre esses clientes empresariais e suas necessidades de soluções habilitadas para GenAI.”

Os fornecedores de serviços de tecnologia devem maximizar os investimentos em GenAI para crescimento:

A pesquisa do Gartner mostra que 50% dos fornecedores de serviços de tecnologia farão mudanças estratégicas para estender suas ofertas principais de produtos/serviços para realizar uma entrega completa ou solução de serviços de ponta a ponta. O Gartner prevê que até 2026, mais de 80% dos fornecedores de software independentes terão capacidades GenAI incorporadas em suas aplicações empresariais, o que representa um aumento de 5% se comparado ao número atual.

“Os clientes empresariais estão em diferentes níveis de prontidão e maturidade em sua adoção de GenAI. Com isso, os fornecedores de serviços de tecnologia têm uma oportunidade de transformação para fornecer as capacidades de software e de infraestrutura, bem como o talento e a experiência necessária para acelerarem a jornada,” diz Lee.

Ao longo do ciclo de vida, os fornecedores de serviços de tecnologia precisam entender as limitações, riscos e custos antes de incorporar capacidades GenAI em produtos e serviços. Para isso, eles devem:

– Documentar os casos de uso e definir claramente o valor que os usuários experimentarão ao ter GenAI como parte do produto;

– Determinar as formas ideais de adicionar GenAI às ofertas (como usando APIsde terceiros ou opções de modelos com códigos abertos) e considerar como os custos de novos recursos podem afetar as decisões de precificação;

– Abordar a experiência dos usuários, desenvolvendo otimizações para minimizar as dificuldades dos usuários ao lidarem com as íngremes curvas de aprendizado;

– Revisar os diferentes riscos dos casos de uso (como resultados imprecisos, privacidade de dados, conversas seguras e violação de propriedade intelectual), adicionando trilhos de proteção específicos para cada vulnerabilidade dos produtos.

Os clientes do Gartner podem ler mais em “Research Roundup: Enhance Products and Services With GenAI.”