Todos os posts de ti

Dassault Systèmes está comprometida com metas baseadas em ciência para reduzir as emissões de gases de efeito estufa

O compromisso faz parte da missão científica da empresa em harmonizar produtos, natureza e vida por meio de iniciativas proativas com foco na sustentabilidade

A Dassault Systèmes anuncia seu comprometimento em estabelecer uma meta baseada na ciência por meio da Science Based Targets initiative (SBTi), uma iniciativa global que ajuda as empresas a estabelecerem objetivos baseados na ciência para reduzir as emissões de gases de efeito estufa e transformar os negócios para a futura economia de baixo carbono. Ao fazer isto, a Dassault Systèmes compromete-se com a definição de ações que reduzam suas emissões de acordo com a melhor ciência climática disponível.

As metas adotadas pelas companhias para redução das emissões de gases de efeito estufa são consideradas “baseadas na ciência” se estiverem de acordo com as questões climáticas necessárias para cumprir as metas do Acordo de Paris. Este acordo internacional tem como objetivo fortalecer a resposta global à ameaça das mudanças climáticas e limitar em 2° graus Celsius o aquecimento global com níveis pré-industriais e buscar esforços para limitar o aquecimento a 1,5°C.

A Dassault Systèmes reconhece o papel crucial que a comunidade empresarial pode desempenhar na minimização do risco que as mudanças climáticas representam para o futuro do planeta. Ao se comprometer a estabelecer uma meta de emissões baseada na ciência, a Dassault Systèmes utiliza o mesmo rigor científico que aplica para que seus clientes definam como suas próprias operações contribuirão para a ação climática.

“Como uma empresa comprometida e baseada na ciência, é natural desejarmos o mais alto padrão nas metas de emissões: a iniciativa baseada nos objetivos da ciência (SBTi)”, afirma Florence Verzelen, Vice-Presidente Executiva de Indústrias, Marketing e Sustentabilidade da Dassault Systèmes. “Estamos orgulhosos de nos unirmos às principais empresas do mundo neste esforço, pois acreditamos que a mudança climática não é apenas um dos maiores riscos do mundo, é também uma das maiores oportunidades da história para a inovação sustentável”.

“As Nações Unidas chamaram este período até 2030 de ‘A Década da Entrega’ em termos de clima porque ações ambiciosas são necessárias imediatamente, não em alguns anos”, diz Alice Steenland, Diretora de Sustentabilidade (CSO), Dassault Systèmes. “A Iniciativa de metas baseada na ciência é uma maneira de garantir que nós, da Dassault Systèmes, faremos nossa parte tanto dentro de nossas próprias operações bem como ajudando nossos 270.000 clientes a fazer a transição para modelos mais sustentáveis”.

Como parte de sua missão de harmonizar produto, natureza e vida, a Dassault Systèmes fornece tecnologia que ajuda empresas de todos os portes, em 11 segmentos, a criar inovações centradas no ser humano que abordem os principais desafios sociais e ambientais atuais, bem como melhorarem suas próprias eficiências de recursos. Isto permitiu que as indústrias desenvolvessem novos tratamentos médicos, voos pioneiros movidos a energia solar e a criar uma escultura que absorva a poluição. Em 2018, a Dassault Systèmes foi nomeada “a empresa mais sustentável do mundo” pelos Corporate Knights em reconhecimento à sua estratégia holística de sustentabilidade, a qual a empresa continua a utilizar através do engajamento proativo em iniciativas globais para impulsionar um futuro mais sustentável.