Todos os posts de embratel

Claro e Embratel valorizam talentos internos em programa para formação de desenvolvedores (DEVs)

Seleção focada em competências comportamentais é diferencial da iniciativa, que oferece migração para área de tecnologia com capacitação em regime de dedicação integral e custeada pela empresa

Focada em pioneirismo e inovação, a Claro está em constante evolução. Em sintonia com a aceleração do mercado de tecnologia, que não para de crescer, a companhia anuncia um novo programa para acelerar a formação de desenvolvedores, em conjunto com a Embratel, marca do grupo para o mercado corporativo. A iniciativa valoriza os profissionais e oferece oportunidades de carreira para os talentos que já fazem parte de seu quadro de funcionários. Nasce assim a primeira edição do programa interno da Claro para formação de desenvolvedores, profissionais que serão envolvidos em novos projetos que estão no radar da operadora, incluindo iniciativas voltadas para a criação de soluções 5G e Cloud Computing.

“Encontrar caminhos inovadores faz parte do DNA da Claro, do nosso jeito de conduzir o negócio. Sendo assim, com o aquecimento do mercado de tecnologia e a crescente procura por talentos, entendemos que poderíamos usar nossa expertise, como parte fundamental do ecossistema de inovação, para desenvolver profissionais para o nosso time”, explica Rodrigo André, diretor de RH da Claro e um dos mentores da iniciativa.

O programa tem participação aberta a todos os funcionários da empresa, de qualquer área de formação ou atuação, e a seleção não é focada em conhecimentos técnicos ou experiência prévia e sim em aspectos comportamentais e afinidade com o universo de tecnologia e inovação, permitindo que todos tenham a mesma oportunidade.

Um match perfeito

“Criamos um modelo com foco na colaboração para o crescimento conjunto, sem restrições de idade, área de atuação, gênero ou tempo de casa. Nossa proposta é que todos tenham a mesma chance de ser admitidos e que possamos intensificar a parceria. Buscamos o match perfeito. Transformamos a necessidade da empresa em oportunidades e mapeamos profissionais com as características ideais para construirmos juntos a experiência”, revela André.

A primeira edição registrou 229 inscrições para 10 vagas disponíveis. O grupo selecionado para a transição de carreira inclui homens e mulheres, com idades entre 25 e 44 anos e experiência em áreas diversas, como administrativo, atendimento ao cliente e atendimento técnico de campo em Telecom.

O programa contempla um intenso período de capacitação em regime de dedicação exclusiva aos estudos, um verdadeiro mergulho em tecnologia, com início em outubro e duração de três meses, totalmente custeado pela Claro. “Muito provavelmente, as pessoas não teriam acesso a uma formação tão completa ou não teriam a dedicação para os estudos que uma transição como essa exige. Um dos diferenciais do programa é que os três meses da fase de aprendizado já são considerados como parte do novo trabalho deles”, diz André.

Os desenvolvedores formados pela iniciativa vão fazer parte de um projeto da Claro em colaboração com a Embratel e a Amazon Web Services (AWS), que oferece as soluções de computação em nuvem mais abrangentes e utilizadas do mundo. “Fazemos parte de um setor extremamente dinâmico e que exige constante atualização dos milhares de colaboradores que empregamos todos os anos. Como habilitadora do ecossistema digital nas empresas, a Embratel busca profissionais cada vez mais multidisciplinares e capacitados em novas tecnologias, para que apoiem a jornada de evolução e transformação digital do País. Os colaboradores formados no programa poderão trabalhar em um projeto realizado com a AWS, cujo foco está no desenvolvimento ágil de soluções customizadas envolvendo Nuvem, Inteligência Artificial e Internet das Coisas, por exemplo, para cada vertical ou segmento de mercado que atendemos, em meio a uma profunda cultura de inovação”, afirma Mário Rachid, Diretor-Executivo de Soluções Digitais da Embratel.

O início das atividades dos funcionários no novo projeto está previsto para o início de 2023. E o anúncio de novas edições do projeto já está no radar da companhia.