NAAREA escolhe a Plataforma 3DEXPERIENCE para desenvolver seu reator modular sustentável

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

A Dassault Systèmes anuncia que a NAAREA, empresa francesa recém-criada, utilizará a plataforma 3DEXPERIENCE em Nuvem para projetar virtualmente sua solução, o XSMR – um reator nuclear modular sustentável extrapequeno. O XSMR é uma fonte ultracompacta de energia limpa que utiliza combustível de reservas existentes de resíduos industriais sem consumir recursos naturais.

A NAAREA utilizará a plataforma 3DEXPERIENCE para criar um Gêmeo Virtual (Virtual Twin) do XSMR. Neste ambiente virtual unificado, a NAAREA pode colaborar para projetar o sistema do reator, simular sua operação e validá-la com rastreabilidade de ponta a ponta e design de qualidade. Como a plataforma é baseada em Nuvem, a NAAREA pode acessar o Gêmeo Virtual de qualquer lugar, a qualquer momento e aumentar o número de usuários com acesso conforme necessário.

“A produção de energia desempenha um papel fundamental nos esforços globais para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis das Nações Unidas. Nosso objetivo é apoiar essas iniciativas por meio do desenvolvimento de nanousinas em larga escala que produzam energia abundante, livres de carbono, descentralizadas, não intermitentes e com grande autonomia, e a um custo menor do que as energias renováveis, tudo isto complementando e suportando-as”, diz Jean- Luc Alexandre, Cofundador e CEO da NAAREA.

“À medida que o mundo se afasta da utilização de combustíveis fósseis, estamos ajudando as empresas do setor de energia a contribuir para as metas de sustentabilidade estabelecidas pela comunidade global”, afirma Philippe Besse, Diretor Executivo da EUROWEST da Dassault Systèmes. “Inovadores como a NAAREA podem confiar nas experiências de Gêmeos Virtuais de nossa plataforma 3DEXPERIENCE para projetar, simular e fabricar soluções industriais inovadoras”, diz o executivo.

Após desenvolver o XSMR, a NAAREA terá como meta aplicações em áreas como: transporte, agricultura e edifícios inteligentes.