sonda

SONDA Ativas garante maior robustez para processamento de dados da ArcelorMittal

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Projeto oferece adequação às necessidades da contratante, eliminando assim gastos acima do que a empresa precisava

 

Para acompanhar as inovações tecnológicas que ocorrem no mercado mundial, a ArcelorMittal, líder no mercado global de aço, investiu na modernização de toda sua Infraestrutura de Data Center ao longo do último ano. A remodelagem contou com o apoio da SONDA Ativas, uma das principais provedoras de serviços gerenciados de TI, controlada pelos grupos Sonda, Asamar e Cemig. Com a contratação dos serviços de Colocation no Data Center da SONDA Ativas, e gerenciamento, a empresa global de aço ganhou mais flexibilidade de consumo e agilidade em alocação de recursos de TI, o que gerou mais capacidade para suportar às demandas de negócio que surgiam.

“A SONDA Ativas atuou como um parceiro estratégico e apoiou na migração de todos os dados que estavam no Data Center da ArcelorMittal, garantindo 100% de disponibilidade das informações durante o processo. Com a migração para uma infraestrutura mais robusta e escalável, conseguimos reduzir a quantidade de racks de 25 para 15”, explica Renan Valadares, Gerente Executivo Sênior da SONDA Ativas.

Para crescer e se diferenciar dos demais concorrentes, é fundamental inovar, e isso inclui mudanças estratégicas na expansão da capacidade de armazenamento e processamento de dados nas corporações. Segundo pesquisas do Gartner, o terceiro trimestre de 2017 teve um aumento de 16% ano a ano na receita mundial de servidores e espera-se que o mercado de TI para este ano tenha um crescimento de 4%.

Com o projeto, o Data Center da SONDA Ativas passou a hospedar 2 Pentabytes de dados da ArcelorMittal. Os serviços contratados pela produtora de aço mundial incluem duas modalidades, o Colocation, quando o cliente transfere os próprios equipamentos para a empresa contratada, mas compartilha as despesas com conectividade, refrigeração, eletricidade e monitoramento e a gestão do Data Center, neste caso a SONDA Ativas fica responsável pela administração completa, incluindo controles de governança, checagem de temperatura do ar condicionado, geradores, sistema de nobreak, energia e gestão de ativos etc.

“Além dos benefícios econômicos que atingiremos com o projeto, também conseguimos garantir uma flexibilidade do consumo de gestão de dados. Isso significa que se a ArcelorMittal precisa ampliar o uso do Data Center, a SONDA Ativas estará apta para suportar essa nova demanda, assim como se precisarmos reduzir esse serviço. Trata-se de um projeto que atende de acordo com o que precisamos e garante que os gastos não sejam além da nossa necessidade de momento”, explica Humberto Bonisson Junior, Diretor-Presidente de TI da ArcelorMittal.