lighthouse

Salvador ganha ambiente especial para empreendedores e startups

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Iniciativa é pioneira na Bahia e deverá movimentar os negócios na região

 

A Lighthouse Investimentos, empresa brasileira de incentivo e consultoria para novos empreendimentos, anuncia a criação de um ecossistema para atrair parceiros e startups para um movimento sustentável e inovador. Localizado na Bahia, o HUB Salvador é um espaço que promove sinergias entre startups, aceleradoras e empresas inovadoras já consolidadas no mercado. O foco é ajudar os empreendedores a vencerem os desafios de seus negócios, podendo ter o auxílio, por exemplo: no estratégico; em questões jurídicas; em apoios de marketing; e na gestão de suas iniciativas.

“Buscamos oferecer um espaço que permita a empreendedores desenvolverem ideias inovadoras. O HUB é um coworking openspace, com capacidade para acolher mais de 100 startups. Essa é a primeira iniciativa voltada para esse público no estado da Bahia, e gera impacto social e desenvolvimento econômico para a região”, afirma Moacy Veiga, representante da Lighthouse Investimentos. Além da estrutura e um ambiente fértil em conexões para a troca de conhecimento, as empresas são auxiliadas com capital, mentoria, ferramentas e serviços.

Com o HUB Salvador, a Lighthouse enriquece o ecossistema de negócios de tecnologia brasileiro que vem sendo impulsionado, principalmente, por conta de investimentos em empresas nascentes com elevado potencial de crescimento. O HUB Salvador está em um ambiente com mais de 2.800 metros quadrados. Possui mais de 400 estações de trabalho, 12 salas de reunião, auditório, área para eventos, espaço de convivência e café.

O projeto fomenta parcerias com aceleradoras e organizações já estabelecidas e reconhecidas mundialmente, como o SENAI e a Liga Universitária de Empreendedorismo, que já desenvolveram eventos sobre negócios e empreendedorismo no estado da Bahia.

Fazem parte do HUB a Bossa Nova Investimentos, empresa brasileira de micro venture capital focada no estágio seed (inicial) de empresas de tecnologia. Já o SENAI CIMATEC, centro universitário integrado de manufatura e tecnologia, oferece suporte à iniciativa Acelera CIMATEC, primeira aceleradora baiana credenciada pelo programa governamental Startup Brasil para estimular a cultura empreendedora e impulsionar a competitividade das empresas na região. O projeto também conta com a parceria estratégica do Sebrae. Essa articulação possibilita a sinergia necessária para maximizar as chances de sucesso dos novos empreendimentos.

A iniciativa organiza, ainda, eventos focados em inovação e tecnologia, como o LinguÁgil, um debate sobre metodologias ágeis e tecnologias. Considerado o maior sobre o tema na Bahia, o evento atrai pessoas de todo o País e conta com a participação de especialistas de desenvolvimento de software para a troca de experiências e apresentação de novas práticas.

O HUB também apoia outros projetos de fomento à inovação local, como o Pitch Salvador, programa da Prefeitura Municipal que une startups para que, juntas, consigam buscar soluções para desafios em áreas como Educação, Saúde e Assistência Social. A startup MEDT, focada na gestão cirúrgica em hospitais, e a Editora Viva, voltada para iniciativas de educação, são alguns dos investimentos da Lighthouse que participaram do evento.

 

Como canal de incentivo ao empreendedorismo, a Lighthouse proporciona às empresas oportunidades de desenvolvimento em ambientes de inovação, com acesso às melhores tecnologias e suporte para se destacarem no mercado. Atualmente, a organização contribui para o crescimento de negócios como o Pastar, maior marketplace exclusivo de pecuária do País, Dr. Farm, startup que oferece serviços de monitoramento e controle de pragas e doenças para produtores agrícolas, NBio Tecnologia, fornecedora de soluções tecnológicas para saúde animal, e a SOMA, primeira empresa especializada em engenharia para veículos elétricos levíssimos no Brasil.