Projeto do Colégio Visconde de Porto Seguro é premiado na 18ª FEBRACE

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Com avaliação online, o projeto “Do Minecraft à Unesco” ficou em 4º lugar na categoria de ciências humanas, concorrendo com outros 60 grupos

Em 2020, a Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE) ocorreu de forma diferente: tradicional por reunir centenas de inovações feitas por alunos do Ensino Médio, a feira foi inteiramente online. Desde a votação popular até avaliações técnicas, os projetos foram analisados pelos jurados por meio de vídeo conferências e o resultado também foi apresentado online. O projeto “Do Minecraft à Unesco: Desenvolvimento de uma Análise do Projeto #HistoryBlocks Mediante Intersecções dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS’s)”, dos alunos do ensino médio do Colégio Visconde de Porto Seguro, Marcos Alexandre Barbosa, Paulo Teixeira, André Thiele foi o 4º colocado na categoria de humanas.

O projeto une tecnologia e gamificação ao analisar as intersecções entre o #HistoryBlocks, da Minecraft, com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU e as competências da BNCC (Base Nacional Comum Curricular), procurando descobrir com qual das duas vertentes o jogo tem mais sinergia. Parte do programa pedagógico global da Unesco e da Microsoft, o #HistoryBloks promove o ensino de história e outras matérias por meio de reconstrução de sítios arqueológicos destruídos durante período de guerras e foi implementado no Brasil com suporte de Francisco Tupy, professor de Letramento Digital do Colégio Visconde de Porto Seguro e especialista na aplicação de videogames na educação e comunicação, também orientador do projeto premiado.