IBGC divulga vencedores do Prêmio IBGC Itaú Academia e Imprensa

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Durante o segundo dia do 13º Congresso Internacional de Governança Corporativa (23), o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC) revelou os três premiados em cada categoria do Prêmio IBGC Itaú Academia e Imprensa. O prêmio teve inscrição recorde na categoria Imprensa, com 103 matérias sobre Governança Corporativa, e 65 artigos inscritos na categoria Academia.

Na categoria Imprensa, a matéria vencedora foi “Independência Fajuta” da jornalista Yuki Yokoi, da revista Capital Aberto. A segunda colocação ficou com o artigo “Sementes do Capital” de Guilherme Meirelles, da Revista Mundo Corporativo. E o artigo “Remuneração dos Administradores: Diminui Resistência na Divulgação de Salários” da jornalista Lúcia Rebouças da Revista RI conquistou o terceiro lugar.

Já na categoria Academia quem ficou com o primeiro lugar foram Érica Gorga e Marina Gelman, ambas da Fundação Getúlio Vargas (FGV), com o artigo “O esvaziamento crescente do Conselho de Administração como efeito da vinculação de seu voto a acordos de acionistas no Brasil”. Igor Bernardi Sonza e Gilberto Oliveira Kloeckner, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), respectivamente, conquistaram a segunda colocação com o artigo “A governança corporativa influencia a eficiência das empresas brasileiras?”. Em terceiro lugar ficou o artigo “Relação entre governança corporativa e tributação no Brasil”, de autoria de Antonio Lopo Martinez e Vander Lima Fernandes, ambos da FUCAPE Business School.

Os participantes das duas categorias receberam premiação em dinheiro, sendo que os vencedores de Academia terão a oportunidade de apresentar o trabalho no Fórum Acadêmico Especial do IBGC. Já os vencedores da categoria Imprensa terão a inscrição gratuita para curso promovido pelo IBGC.

Os trabalhos de ambas categorias, foram avaliados por uma comissão julgadora independente, composta por especialistas em Governança Corporativa e representantes das respectivas áreas – Academia e Imprensa.