IBGC divulga relatório sobre mulheres em conselho de administração

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Estudo reúne perfil dos profissionais das 454 empresas listadas na Bolsa 

O avanço profissional das mulheres e sua participação nos conselhos das empresas brasileiras é um tema cada vez mais discutido. Das 2.647 posições efetivas em 2011, 8% são ocupadas por representantes do sexo feminino. Esses dados e outras informações estão no relatório “Mulheres no Conselho de Administração das Empresas Listadas Brasileiras”, realizado pelo Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC).

A análise traz o panorama da diversidade e a quantificação da presença da profissional nos conselhos de administração, fiscais e nas diretorias estatutárias das empresas listadas em Bolsa no Brasil.

A participação de mulheres nos conselhos de administração revela como a liderança feminina vem avançando em todos os setores do mercado brasileiro. Atualmente, 165 mulheres ocupam posições em 204 conselhos de administração de 147 empresas. Em 2010, 162 profissionais participavam de 216 posições em 151 companhias.

“O levantamento do IBGC é uma continuação do relatório iniciado em 2009. O assunto está cada vez mais presente nas discussões das companhias brasileiras e a diversificação nos cargos da alta administração é um tema previsto em nosso código, que sugere a escolha de seus membros por compatibilidade ou superioridade de competências”, afirma a Superintendente Geral do IBGC, Heloisa Bedicks.

O estudo consiste na análise do perfil do conselho de administração das 454 empresas listadas em 2011, além das 507 em 2010. O relatório conta com as informações levantadas pelo Instituto e dados concedidos pela BM&FBovespa nos últimos dois anos.