Fundação Bachiana e Colégio Visconde de Porto Seguro promovem concerto de João Carlos Martins, com o tenor Thiago Arancam e a bateria da Vai-Vai

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Concerto acontece no domingo (22) com entrada gratuita; parte dos ingressos será destinada a jovens das comunidades de Paraisópolis e de Vila Andrade

 

 

“Ópera para Todos – do Erudito ao Popular” é o nome do projeto que surgiu da parceria da Fundação Bachiana e do Colégio Visconde de Porto Seguro num projeto que visa à democratização da cultura. Um concerto gratuito para mais de mil pessoas será realizado no domingo, dia 22 de março, às 11h, no Foyer da unidade Morumbi do colégio. Com regência do maestro João Carlos Martins e participações especiais do tenor brasileiro Thiago Arancam e de ritmistas da bateria da escola de samba Vai-Vai, o evento combinará música clássica e música popular. Com apoio da Lei Rouanet, o evento é patrocinado pela Qualicorp.

Considerado um dos maiores intérpretes de Bach do século XX pela crítica internacional, João Carlos Martins convidou o jovem Thiago Arancam, que mora em Mônaco e já tem mais de 400 apresentações ao redor do mundo, para participar do projeto. É a primeira temporada em que eles se apresentam juntos e o concerto de domingo será uma releitura do evento realizado na Sala São Paulo, no dia anterior.

Parte dos ingressos será destinada a jovens moradores das comunidades de Paraisópolis e Vila Andrade, estudantes da Escola da Comunidade, mantida pelo Colégio Visconde de Porto Seguro desde 1966. Atualmente, a escola oferece 1.700 bolsas de Educação Básica (da Educação Infantil ao Ensino Médio) e de Educação para Jovens e Adultos (EJA), além de cursos profissionalizantes. Entre os alunos, um garoto de oito anos terá a honra de se apresentar junto aos consagrados artistas da música.

“É com grande satisfação que fazemos parte do projeto social do maestro João Carlos Martins, pois desperta nos jovens a sensibilidade para a arte e proporciona a inclusão social por meio da música. Além de reforçar nossos valores, como respeito e trabalho em equipe, traz ao jovem o contato com um mundo novo, bem como a possibilidade de um futuro no mundo da música”, afirma Rachel Braun, Vice-Diretora da Escola da Comunidade do Morumbi.

A apresentação começa com a “Sinfonia nº 7 em Lá Maior – Op. 92”, de Beethoven, e prossegue com “Eine Kleine Nachtmusik – K525”, de Mozart. Em seguida, Thiago Arancam, um dos maiores nomes da música lírica mundial, sola em quatro árias – de Puccini, Verdi, Mascagni e Pablo Sorozábal.

Os interessados em assistir ao concerto devem inscrever-se pelo site https://eventos.portoseguro.org.br/inscricao.aspx e imprimir o comprovante ou apresentá-lo pelo smartphone na entrada do evento.  A unidade Morumbi do Colégio Visconde de Porto Seguro está localizada na Rua Floriano Peixoto Santos, 55 – Portão D.

 

 

SERVIÇO:

 

“Ópera para Todos – do Erudito ao Popular”

Data: domingo, 22 de março

Horário: às 11h

Local: Colégio Visconde de Porto Seguro

Endereço: Rua Floriano Peixoto Santos, 55 – Portão D – Morumbi

Entrada gratuita mediante inscrição

Inscrições e informações: https://eventos.portoseguro.org.br/inscricao.aspx

 

 

João Carlos Martins

Símbolo de superação e talento, João Carlos Martins é considerado um dos maiores intérpretes de Johann Sebastian Bach. Iniciou seus estudos de piano aos oito anos e, três anos depois, começava sua carreira no Brasil. Aos dezoito, já estava tocando no exterior. Teve como um dos pontos altos de sua carreira a gravação da obra completa de Bach para teclado. Por problemas físicos, abandonou os palcos como pianista no ano de 2002, mas não deixou a música de lado e retornou em 2004 como maestro. Hoje, aos 74 anos, é regente e diretor artístico da Bachiana Filarmônica SESI-SP, já lançou 25 álbuns, escreveu um livro emocionante sobre sua vida, intitulado “A Saga das Mãos”, é o único brasileiro a ter sua vida registrada por cineastas europeus por duas vezes, e conta com um registro fotobiográfico, lançado na ONU.

 

Bachiana Filarmônica SESI-SP

Quando João Carlos iniciou o projeto de criar uma orquestra apenas com a iniciativa privada, muitos duvidaram, mas já são mais de mil apresentações nos principais teatros do Brasil e do mundo. A qualidade dos músicos da Bachiana, selecionados entre as melhores orquestras brasileiras, tem sido muito elogiada. São profissionais que fazem questão de aprimorar seu talento com trabalho e estudo. Fundada em 2004, a orquestra não tardou a ganhar o merecido reconhecimento. Após cinco temporadas em que se apresentou pelo Brasil, encantou o público americano com cinco atuações de gala – duas no Carnegie Hall, em 2007 e 2008, e três no Lincoln Center, em 2009, 2010 e 2011.

 

Thiago Arancam

Dono de timbre inconfundível, o brasileiro Thiago Arancam é destaque entre os maiores tenores da atualidade e tem projetado o nome do Brasil no exterior. Com um perfil jovem, porém já experiente, o artista acumula passagens em mais de 40 países, com mais de 400 apresentações ao redor do mundo. Apadrinhado pelo tenor Plácido Domingo, com quem realizou algumas produções, Arancam já possui uma carreira consolidada e tem sido considerado um dos grandes expoentes do cenário operístico atual.

 

Sobre a Escola da Comunidade

Acreditando que a educação é o melhor meio para oferecer aos cidadãos de nosso País um futuro mais justo, a Fundação Visconde de Porto Seguro criou, em 1966, a Escola da Comunidade. Atualmente, a escola disponibiliza aproximadamente 1.700 bolsas e educação de qualidade a alunos de baixa renda moradores, principalmente, de Paraisópolis e da Vila Andrade. São cursos de Educação Básica, Educação para Jovens e Adultos (EJA) e cursos extras, como artesanato. A Escola da Comunidade também oferece educação musical por meio de sua banda e de seu coral. Os alunos interessados, ainda, recebem orientações para o ingresso na faculdade e no mercado de trabalho. Mediante iniciativas que promovem a integração, a Escola da Comunidade transformou-se num elo entre a sociedade e os diferentes currículos e cursos oferecidos pelo colégio.

 

Sobre o Colégio Visconde de Porto Seguro

Fundado em 1878 pela comunidade germânica, o Colégio Visconde de Porto Seguro é uma das mais conceituadas instituições de ensino do País. Comprometida com uma ampla e sólida formação pluricultural e plurilinguística, a instituição é certificada pelo governo alemão como uma escola de excelência. Com uma infraestrutura favorável ao desenvolvimento integral do aluno, da Educação Infantil à 3ª série do Ensino Médio, prepara estudantes para ingressar em universidades de ponta no Brasil, além de oferecer o Abitur, certificação oficial utilizada para ingressar em faculdades europeias. Sua comunidade escolar é composta por aproximadamente 10 mil alunos, 600 professores e mais 400 profissionais da área pedagógica, entre especialistas e auxiliares de ensino, distribuídos em três unidades, sendo duas na capital paulista (bairros Morumbi e Panamby) e uma em Valinhos, interior do Estado de São Paulo. Para mais informações, acesse o site www.portoseguro.org.br.