Ensino híbrido, saúde socioemocional e formação complementar serão prioridades na retomada de aulas do Colégio Visconde de Porto Seguro

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Colégio desenvolve modelo de ensino para adaptar classes ao Novo Normal” 

O ano de 2020 ficará para a história por causa da COVID-19, um vírus que impactou todas as nações do planeta, e a forma como estamos reagindo aos novos desafios será fundamental para possibilitar os importantes avanços que precisamos ter em nossas vidas. O chamado “Novo Normal” será diferente do que tínhamos e, certamente, muito mais desafiador do que se imaginava. Na área de educação, o Colégio Visconde de Porto Seguro é uma das instituições que mais se preparou para a nova jornada, com novos procedimentos de biossegurança e pioneiramente anunciando a parceria com o Hospital Albert Einstein, assim como para as novas dinâmicas de relacionamento e de comunicação, integrando alunos, pais e professores nessa nova etapa que juntos teremos que enfrentar.  

Para a Diretora Geral do Colégio Visconde de Porto Seguro, Silmara Casadei, os desafios gerados pela COVID-19 para toda a comunidade escolar serão inúmeros. “Estamos nos preparando para aperfeiçoar, no segundo semestre, o modelo híbrido, já implementado. Desta vez, com classes presenciais e aulas online, que podem ser assistidas remotamente”, afirma Silmara. A diretora destaca que o Colégio é excelência internacional de ensino e que está trabalhando também para ser modelo no cuidado da saúde e o bem-estar dos alunos em relação à pandemia. Desde o início, os profissionais de educação física ministram aulas virtuais, transformando a casa do aluno em uma verdadeira academia e os mais de 60 psicólogos atendem pais e alunos. 

A tendência de aprimorar a educação digital no ensino básico já era um processo em andamento e o colégio estava muito bem preparado. Com a pandemia todas as classes estão equipadas com tecnologia de ponta que transformaram as classes em verdadeiras salas de aula estúdio, além das inúmeras parcerias com plataformas de educação, uso de ferramentas digitais para acompanhamento de aulas e atividades extracurriculares on-line.  

Em 2020, o Colégio Visconde de Porto Seguro começou a implementar um programa de aprendizagem pensado nas competências do século 21, que completam a forma como os estudantes vão dialogar não só com o tradicional , mas com o presente e com o futuro. O programa do colégio é revolucionário e desenvolve competências necessários com novos conteúdos considerados urgentes e abrangentes para um novo mundo.  Além dos Conceitos Fundamentais, entraram em cena as competências para as Conexões Globais e a Educação Digital (cidadão cada vez mais conectado com mundo), a Sustentabilidade (foco na preservação da vida, na saúde do corpo humano, na natureza com o Programa por uma vida melhor e mais feliz com dicas que abrangem a qualidade do sono e nutrição, além de educação financeira). Para o desenvolvimento da competência da Inteligência Socioemocional, os alunos têm aulas de Mentoria para refletirem sobre seus sentimentos e proporem ações de melhoria para si e para o mundo. E não menos importante, a competência em Idiomas, (alemão, inglês e espanhol – com as certificações internacionais).  

“O Colégio Visconde de Porto Seguro sempre se destacou por sua matriz de ensino, referência internacional. Agora, estamos ampliando mais o horizonte com novos temas necessários para os desafios de novo mundo, diz Silmara Casadei, enfatizando que essa pluralidade ajudará na formação de jovens mais éticos e seguros cognitivamente e emocionalmente, de seu papel na sociedade. 

Além disso, por acreditar no desenvolvimento de múltiplos talentos, os alunos podem participar de um dos mais de 50 cursos extras propostos no colégio. Muitos deles, agora oferecidos de forma on-line. Para Silmara, “o ser humano é muito luxuoso, repleto de possibilidades. A arte, os esportes, as tecnologias, as ciências, podem complementar a formação no período extracurricular desenvolvendo a criatividade, a sensibilidade e a capacidade de encaminhar projetos por muitos caminhos”. 

O Colégio Porto Seguro tem sob seu guarda-chuva a educação de cerca de 9000 alunos e a gestão de 700 professores e 1.700 funcionários. Sua administração é feita de forma colaborativa, com apoio de comitês de pais e de alunos, criados em 2018. Espaços de diálogos com a comunidade escolar permitem que todos apresentem compartilhem receios, críticas e proponham soluções. O programa de relacionamento é um sucesso e conta com o reforço do Fórum dos Professores para integrar os educadores nas discussões de melhoria, em todos os níveis, unidades, idiomas e currículos. Mensalmente, o grupo se reúne com a diretoria para explorar questões internas e pensar novas soluções para incremento do ensino.  

Com a pandemia, os representantes desses comitês estão centrados na discussão sobre os desafios relacionados ao retorno das aulas, explorando questões como: Como imaginam a volta às aulas? Quais os medos e o que podem fazer para mitigá-los? E para as comunidades menos favorecidas? Como estão as atividades on-line? Tudo isso para que os gestores entendam todos os lados envolvidos nesse processo de retomada e o que pode ser feito para se organizar melhor.  

Todas essas mudanças de 2020 evidenciam o papel fundamental do colégio e dos professores na formação dos cidadãos do futuro. São eles que mais precisam de atenção e preparo para o ensino online e para liderarem no novo ambiente que teremos após a pandemia. Para contribuir com a criação de um novo ambiente, os educadores do Colégio Visconde de Porto Seguro seguem suas jornadas de aprimoramento no Brasil e no exterior, com fóruns internacionais de debate de ideias, cursos, pós-graduação, congressos e treinamentos especiais. 

“No que depender do Colégio Porto Seguro, o Brasil terá os jovens mais bem preparados para contribuírem com a jornada de construção e desenvolvimento do Brasil”, diz a diretora.