Com a queda no número de acidentes de trânsito no Carnaval, CISA reforça o papel da prevenção do beber e dirigir

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Conduzir veículos sob efeito de álcool é uma importante causa de acidentes viários no Brasil

 O Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (CISA), uma das principais fontes no país em relação ao binômio Saúde e Álcool, comemora a queda de acidentes no trânsito neste Carnaval 2016 e reforça a importância da prevenção do comportamento de beber e dirigir. Além disso, o Centro identifica maior preocupação dos motoristas em relação aos riscos desta combinação.

Dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF), apontam redução de 48% do número de acidentes nas rodovias federais durante a Operação Carnaval 2016 em relação ao Carnaval de 2015. Apesar do esforço de fiscalização e dos trabalhos de sensibilização em relação à bebida ao volante, 1.249 condutores foram flagrados dirigindo embriagados, destes 153 foram presos. De sexta-feira (5) até terça-feira (9), foram 1.429 acidentes, 150 acidentes graves, 1.415 feridos e 94 mortos. “A divulgação de dados como estes é de grande importância para avaliarmos o trabalho realizado e fortalecermos ações de prevenção efetivas.”, afirma a psiquiatra e pesquisadora do CISA, Dra. Carolina Hanna Chaim.

As principais causas de violência no trânsito durante o Carnaval geralmente envolvem a imprudência que inclui, por exemplo: embriaguez ao volante, ultrapassagem proibida e excesso de velocidade. Especificamente em relação à embriaguez ao volante, grandes mudanças na legislação foram realizadas nos últimos anos com o objetivo de reduzir a incidência dessa perigosa associação. Uma dessas mudanças foi a ampliação de possibilidades de provas da infração de dirigir sob o efeito de álcool.

Embora os resultados acima possam parecer animadores, esse ainda é um problema grave em nosso país. Por isso, é fundamental que haja um compromisso e trabalho conjunto e continuado entre sociedade, poder público e iniciativa pública e privada no que diz respeito à prevenção de acidentes de trânsito no Brasil. Nesta perspectiva, o CISA reforça a importância de mais investimentos em pesquisas científicas e ações que busquem orientar a população geral sobre os comportamentos de risco associados ao consumo de álcool – incluindo a direção de veículos automotores sob os efeitos da substância e casos de motoristas reincidentes em beber e dirigir.