CISA alerta sobre perigosa associação do beber e dirigir

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Com a proximidade da Semana Nacional do Trânsito, especialistas divulgam dados que reforçam a ideia de que bebida e direção não combinam e é motivo de alerta aos brasileiros

O Centro de Informações sobre Saúde e Álcool – CISA, organização não governamental que se destaca como uma das principais fontes no país, aproveita a Semana Nacional do Trânsito (18 a 25 de setembro) para alertar e informar mais uma vez sobre a associação de álcool e direção e suas consequências. Neste ano, o tema abordado será “Década Mundial de Ações para a Segurança do Trânsito – 2011/2020: Cidade para as pessoas: Proteção e Prioridade ao Pedestre”.

De acordo com o Relatório Global sobre Álcool e Saúde da Organização Mundial da Saúde (OMS) publicado este ano, verifica-se que 15% dos acidentes de trânsito no mundo foram atribuídos ao álcool em 2012, sendo a frequência de acidentes entre homens superior que mulheres em diversos países. Especificamente no Brasil estima-se que 18% dos acidentes com mortes entre homens em 2012 estiveram associados ao álcool, enquanto que entre as mulheres a frequência foi apenas 5%.

É  importante reforçar que como o álcool é um depressor do Sistema Nervoso Central, as inibições e a capacidade de julgamento são rapidamente afetadas, aumentando a probabilidade de tomada de decisões. Com o aumento do consumo, as habilidades motoras e o tempo de reação também sofrem consequências e o comportamento torna-se descontrolado, com tendência para maior impulsividade e agressividade, comprometendo mais a aptidão para dirigir. Ademais, a ingestão de altas doses de álcool pode causar sonolência ou até mesmo desmaios ao volante.

Especialista em dependência química, Dr. Arthur Guerra de Andrade, médico psiquiatra e presidente-executivo do CISA, e demais pesquisadores da ONG, estão à disposição para conceder mais informações sobre os riscos da associação entre álcool e direção e esclarecer dúvidas sobre o assunto. Além disso, poderão comentar outros temas relacionados ao binômio saúde e álcool:

– Álcool e direção;

– Efeitos e consequências do uso;

– Consequências do consumo precoce;

– Padrões de consumo;

– Comportamentos de risco associados;

– Benefícios e malefícios;

– Fatores de risco e de proteção;

– Estratégias de prevenção;

– Tratamento.